McKenzie

Como aliviar minhas dores?


 

Fique livre de dores e tenha disposição para as coisas boas da vida!


São comuns as dores que podem ser evitadas com bons hábitos de vida.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 80% da população ainda irá sofrer dores na coluna pelo menos em alguma fase da vida.

Ou seja, em maior ou menor grau, um dia quase todos serão vítimas desse incômodo que compromete a qualidade de vida sob diversos aspectos, entre eles físicos, emocionais e até sociais.
A principal vilã é a lombalgia, um desconforto que afeta a região inferior da coluna vertebral e  pode provocar  dor irradiada para qualquer parte da coxa, perna ou pé.
Qualquer sinal de dor nas costas merece atenção.

No entanto, os cuidados devem ser redobrados em duas situações.

Primeiro, se as dores vêm acompanhadas de sinais de alerta, como febre ou perda de peso.

Nesses casos, o desconforto indica a presença de algo mais grave, desde má formação congênita, tumores, cálculos renais ou distúrbios neurológicos entre outros, e é necessário procurar um médico urgente.
Outra situação preocupante é quando não há uma razão aparente para o incômodo. Trata- se da lombalgia mecânico-postural.

Os pacientes com este perfil tentam buscar uma razão  para suas queixas e não encontram nada.

Isso porque as dores não estão relacionadas a desvios ou a algum tipo de lesão na coluna, mas a vícios de postura que a deixam sobrecarregada constantemente.

As dores podem ser provocadas por posições incorretas de sentar, dormir, levantar objetos do chão (dobrando a coluna e não os joelhos), e executar tarefas diárias em má posição.
O excesso de peso também é um fator importante de dor , por sobrecarregar a coluna, além das articilações do quadril, joelhos e pés.

Fraqueza e encurtamento muscular sobrecarregam também a coluna por não permitir um posicionamento adequado e fadigarem os músculos.
E por fim, stress e depressão podem causar contratura muscular importante que podem levar a dor e  compressão nas raízes nervosas que emergem da coluna vertebral.

Mas não vamos nos desesperar, apesar de todo sofrimento hoje há técnicas modernas dentro da fisioterapia que aliviam rapidamente, algumas vezes com apenas 1 a 2 sessões tanto sofrimento.

Vale ressaltar Método Mckenzie para avaliação e tratamento de dores na coluna e em todas as articulações(tais como joelhos, ombros, pés, etc).

Desde que comecei a trabalhar com esta técnica me surpreendi com os resultados rápidos e duradouros, de tal forma que hoje só trabalho com este método. E isso depois de muitos anos de experiência e conhecimento das demais técnicas de tratamento.

Por isso valido e indico o Método Mckenzie como o mais eficiente para tratamento de dores posturais e mecânicas.
Boa postura ou má postura? Adotar a primeira atitude com disciplina pode significar uma vida melhor, sem dores nas costas.

Manter uma atividade regular que fortaleça e alongue seu corpo também é saudável.

Francisca A. M. Resende/ fisioterapeuta

Crefito: 2264-f

Site: http://www.francisca resende .com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s