Uncategorized

O MDT É ADEQUADO PARA MIM?

Autoavaliação para a dor na coluna

  • Há períodos do dia em que você não sente dor? Mesmo que por apenas 10 minutos?
  • A dor se restringe a áreas acima do joelho ou do cotovelo?
  • Você experimentou mais de um episódio de dor nas costas, no pescoço ou extremidades nos últimos meses ou anos?
  • Você se sente pior durante ou logo após curvar ou ficar curvado para a frente, como quando fazendo a cama, aspirando a casa, cuidando do jardim?
  • Você se sente pior quando fica sentado por longos períodos ou quando levanta da posição sentado, por exemplo, depois de assistir à televisão ou trabalhar no computador?
  • Você associa sua dor com alguma atividade em particular e em geral não sente dor quando não está exercendo essa atividade?
  • Você se sente pior quando está parado e melhor quando está movimentando?
  • A sua dor nas costas fica melhor quando está deitado de barriga para baixo? (pode ser que você se sinta pior por um tempo antes de a dor diminuir – e, nesse caso, a resposta à pergunta é “sim”)
  • Você se sente melhor quando está caminhando?

Se você respondeu “sim” a mais de 4 perguntas, suas chances de se beneficiar com o Método McKenzie são muito boas. Se você respondeu “sim” a 3 ou menos perguntas, você pode precisar de avaliação e tratamento especializado e deve contactar um profissional certificado no Método McKenzie®.

Se você tiver:

  • Dor ciática
  • Lombalgia
  • Dor de artrite no quadril ou nádegas, ombros ou nos braços
  • Dificuldade para curvar para a frente devida a rigidez ou dor na coluna lombar
  • Dor que começa nas costas ou pescoço e parece espalhar para as nádegas ou ombros
  • Formigamento ou dormência intermitentes nos pés ou mãos
  • Dor identificada como problema nos cotovelos ou joelhos que não respondeu a tratamento específico para essas áreas

Então você pode ser ajudado por um profissional treinado no Método McKenzie®. Esse terapeuta é treinado para avaliar e diagnosticar todas as áreas do sistema musculoesquelético. Isso significa que, se você tem um problema em uma articulação, ligamento, tendão, músculo, osso, na coluna, pescoço, perna, braço, ombro, joelho, cotovelo, tornozelo, punho, pé, mão ou tronco, nossos terapeutas poderão avaliar seu problema e orientá-lo a cuidar você mesmo de sua dor, rigidez ou restrição para trabalhar e exercer as atividades diárias comuns.

fonte: http://www.mckenzie.org

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s